Título da Redação: As diferenças das classes sociais.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Albertânia Gomes


As classes sociais existem desde tempos remotos, na Idade Média, por exemplo, os termos para definir as classes eram: burgueses,nobres,camponeses,artesãos, clero . A sociedade sempre vem definindo as classes por uma questão de hierarquia, por mais que a nossa Constituição Federal atual coloca a democracia como algo fundamental e inviolável sabe-se que a realidade é outra.
Quantas vezes vemos “camarotização” nos lugares que frequentamos? Se pararmos pra pensar as divisões sociais está definindo status e superioridade que muitas pessoas precisam para aumentar o seu ego. Um grande exemplo de “camarotização” são as festas onde pessoas ricas e pobres não se misturam com divisões como: pista, vip e camarote , escolas privadas serem consideradas melhores que as escolas de ensino público, hospitais particulares com estruturas melhores que os hospitais públicos, todos estes exemplos são sim uma forma de “camarotização” para definir quem terá melhores condições ou não na sociedade.
Além das citadas acima são inúmeras as diferenças que existem na nossa sociedade: o preconceito racial, de sexualidade, de cultura, também é uma forma de “camarotização” , pois o sistema democrático ainda não é aplicado de forma correta, não existe perfeição em nenhum poder político, porém estamos muito longe da realidade que gostaríamos de ter.
Dessa forma, é preciso que exista uma conscientização não só dos políticos em relação a saúde, educação e outros assuntos ,mas de nós seres humanos , devemos amar e respeitar o outro , não impondo regras sociais de quem é digno de entrar e frequentar lugares melhores, democracia é o trabalho mútuo de povo e governo.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A argumentação do texto é pertinente, embora pouco aprofundada. O candidato deve evitar fazer perguntas em textos formais (como a do terceiro parágrafo: "Quantas vezes vemos “camarotização” nos lugares que frequentamos?"). Atenção para a quantidade exagerada de listagens (como a do terceiro parágrafo: " com divisões como: pista, vip e camarote , escolas privadas serem consideradas melhores que as escolas de ensino público, hospitais particulares com estruturas melhores que os hospitais públicos"). A proposta de intervenção é vaga. O candidato propõe "conscientização", mas como isso seria feito? Por quais meios? Quem faria? Ademais, observe a seguinte oração: "é preciso que exista uma conscientização não só dos políticos em relação a saúde, educação e outros assuntos ,mas de nós seres humanos ..." na qual os políticos são colocados em uma categoria outra, não pertencente à raça humana.

  • Enviado por Luize Santos

    A tese não está muito bem defendida. A alusão histórica na introdução ficou boa , mas não conectou-se com as outras partes do texto. No D2 ocorreu fuga do tema, além de uma argumentação precária. A conclusão ficou relativamente boa.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás