Título da Redação: A gourmetização do espaço

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há quase 3 anos por Adriel Balata


A sociedade brasileira evoluiu, não só em tecnologia, biotecnologia, evoluiu também na sua segregação, sim, na ideologia de separar as classes pelo nível financeiro. A estratificação social é um problema sério, enfrentado pelas classes baixas, afeta o nível socioeconômico, político, educacional, religioso e profissional.
A camarotização no Brasil não se dá somente nos dias atuais. No período colonial, o sobrado em festa, para onde os nobres se deslocavam à cavalo, de carruagem ou em palanquins carregados por escravos, era um método de separação. Lá os convidados eram servidos pelos "peões", ou seja, por serviçais da casa ou do evento.
Sabe-se que existe uma segregação intensa em relação ao nível das escolas da rede pública e da rede privada. Essa diferença pode ser observada no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), realizado pelo MEC (Ministério da Educação). A partir de 2013, foi possível observar os níveis das escolas com as maiores médias no exame; a maioria das escolas classificadas em nível socioeconômico alto e muito alto. Isso demonstra a "incapacidade" do ensino público e a separação do acesso à universidade do filho do "rico" e do filho do "pobre".
Outras formas de separação podem ser observadas em camarotes de estádios, teatros, shows, passarelas, entre outros. Quem paga mais tem uma melhor recepção e um conforto maior. Os planos de saúde, oferecidos pelos hospitais privados, demonstra a ineficiência da saúde pública ao cidadão brasileiro.
Caso o Governo Federal, juntamente com o estado e municípios, investisse em condições melhores e igualitárias para todos, tais como melhores níveis educacionais nas escolas públicas, maior acesso à saúde por meio dos hospitais públicos, melhores condições no transporte, entre outros. A democratização do espaço público é essencial, mas, isso não alteraria o "luxo" das classes "dominantes". Por consequência, mudaria a mentalidade de muitos.



Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Enviado por Gabriel Muller

    Você apresentou uma ótima bagagem cultura. Só não gostei da conclusão quanto mais inovador a conclusão for melhor. Outra dica é quando for escrever a conclusão tente fazer um apanhado geral, por exemplo ''visto que...'' ou '' Devido ao...'' coisa assim. De resto está muito bom.

  • Enviado por Binho Galdino

    Adriel, você tem uma bagagem muito boa de conhecimento, parabéns cara! Mas gostaria de sugerir uma coisa. Na sua proposta, lembre-se também que nós enquanto sociedade, também temos papel ativo na mudança dos padrões atuais, ou seja, já pensou se na sua proposta você incluísse também mudanças plausíveis de serem realizadas? Mudanças que podem começar conosco, dentro de nossas casas e que sejam realmente viáveis de serem realizadas. Grande abraço!

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás