Título da Redação: "A Camarotização das Relações Sociais"

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Wagner Marques


Pode-se dizer que a cada década uma nova tendência é gerada. Algumas dessas contribuem para a sociedade e seu desenvolivmento, entretanto há aquelas que introduzem uma ideologia ilusória de melhor ambiente e local, esse é o caso da
"camarotização".

Festivais populares, como o Carnaval promoviam há algumas décadas o encontro de diferentes realidades sociais. Pessoas que saiam nas ruas e simplesmente dançavam, conversavam e contemplavam os desfiles das mais tracionais Escolas de Samba.
A mudança de ideal com essa nova tendência tem promovido a segregação espacial como forma simbólica para a separação de classes, onde o um cartão de crédito pode ser o maior dividor de águas.

Vende-se as "melhores vistas" dos desfiles. Qualquer pessoa que não tenha seu "nome na lista" ou que não esteja com roupas a caráter é excluída, afastada, por vezes, agredidas pelos seguranças do local por "não se encaixar" no ambiente.

Dessa forma, a camarotização aumenta ainda mais o abismo atual atual entre as interações com os mais diversos tipos de pessoas de classes sociais distintas. Promove a alienação sobre "o seu próximo" com a justificativa de mais conforto, privilégios e proteção. Contudo, tal discurso é apenas uma forma de "mascarar" que quase tudo está sendo posto a venda, inclusive, as relações sociais.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A introdução é confusa e não situa o leitor acerca do tema. A argumentação é superficial, não se afasta dos textos motivadores da coletânea de modo satisfatório. Falta interdisciplinaridade. Atenção para a expressão "dividor de águas" ao invés de "divisor de águas". O texto não apresenta uma proposta de intervenção capaz de contribuir para a resolução do problema. Ademais o candidato demonstra bom conhecimento da língua padrão e da tipologia textual requerida.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás