Título da redação:

A Problemática do TDAH

Tema de redação: A banalização do diagnóstico de TDAH

Redação enviada em 23/02/2018

A preocupação com a banalização do diagnóstico de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) está presente na contemporaneidade. Considerando esse contexto, podem ser discutidos o diagnóstico precoce de um TDAH e os medicamentos para TDAH utilizados de forma abusiva. Pode-se, então, avaliar o quão relevante é esse assunto para a sociedade. Em primeiro lugar, é preciso analisar o diagnóstico prematuro de um TDAH, visto que, o reconhecimento de um TDAH é dado a partir de uma análise cuidadosa da história de vida e do comportamento do sujeito. Sabendo disso, pode-se perceber que é fundamental criar medidas que capacitem os médicos a realizarem diagnósticos mais específicos e precisos, a fim de evitarem erros. Além disso, faz-se necessário atentar para os medicamentos de TDAH que são receitados e utilizados de forma abusiva. Isso porque, segundo dados do jornal O Estado de São Paulo, em uma década a produção e importação da Ritalina, cresceram em 373%, esse número alarmante comprova que além dos diagnósticos precipitados de médicos, muitas pessoas estão se automedicando, o qual é ainda mais perigoso. Por conseguinte, são necessárias novas ações para a resolução desses problemas. O Governo Federal, por meio de um projeto de lei, deve criar um programa que capacite todos os médicos a darem diagnósticos precisos sobre o TDAH, com a finalidade de reduzir a taxa de diagnósticos precoces. Ademais, a União deve criar campanhas midiáticas para conscientizar os cidadãos sobre os perigos da automedicação, aconselhando-os a procurar um médico especialista.