6 modelos de introdução para redação que te ajudarão a iniciar o seu texto

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Começar um texto, para muitos(as) alunos(as), é um terror. Infelizmente, muitos(as) travam para iniciar uma produção textual porque ainda não conhecem os possíveis modelos de introdução para redação.

Como vocês bem já sabem, aqui, para nós do Projeto Redação, quando conhecemos como as estruturas de um texto podem funcionar, somos capazes de produzir a tão sonhada redação nota máxima com tranquilidade. 😉

Então, pensando em compartilhar tudo o que você precisa sobre as principais estruturas introdutórias de um texto dissertativo-argumentativo, selecionamos os 6 melhores modelos de introdução para redação neste artigo. Bora lá?

Como selecionar o melhor modelo de introdução para minha redação nota máxima?

O primeiro espaço de apresentação das nossas ideias é a introdução, é com ela que mostraremos aos(às) nossos(as) avaliadores(as) a nossa interpretação do tema e qual tese iremos defender.

Perceba que falamos sobre interpretação do tema, ou seja, nossa leitura crítica sobre o que foi proposto, e falamos também sobre ponto de vista. Pois bem, a nossa crítica é o que vai nos direcionar para melhor escolha do modelo de introdução que utilizaremos. 

Ainda que a função principal da introdução em um texto dissertativo-argumentativo seja a contextualização do tema, você deve se lembrar que a parte introdutória da sua redação também deve estar extremamente articulada com o que você vai discutir ao longo do texto. 

Caso isso não aconteça, você já vai começar o texto errando em um dos principais pontos de avaliação de uma redação de processo seletivo: evidência de projeto de texto e progressão textual.

1. Exemplificação 

Este recurso pode ser desenvolvido de três formas: dados estatísticosrelatos de acontecimentos de conhecimento geral e fatos divulgados pelas mídias

Com a exemplificação, devemos tomar cuidado com dois aspectos: apresentar a fonte das informações e detalhar apenas o que for necessário para construção do cenário problema que você deseja analisar. 

Para exemplificar este modelo de introdução para redação, selecionamos um parágrafo introdutório do tema do Enem 2015. E a proposta e alguns textos sobre o tema você pode conferir aqui na nossa plataforma.

Tema: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

Introdução por exemplificação

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), mais de 330 mil casos foram instaurados com a Maria da Penha, entre 2006 e 2011. Esta medida, ainda que fortalecida pelas Delegacias da Mulher, são insuficientes e pouco eficazes, uma vez que são ações que não visam, diretamente, a mudança cultural e comportamental do brasileiros. No Brasil, hoje, infelizmente, igualdade de gênero é algo que está apenas no papel.

2. Alusão histórica

Este recurso consiste na comparação do presente com algum elemento da história: acontecimentos, personalidades, características de algum período histórico, etc. 

Ao fazer uso desse recurso na introdução, devemos ter em mente que apenas detalhar ou relatar o elemento histórico não é suficiente, uma vez que é necessário problematizar a questão apresentada pelo tema. 

A fim de que isso seja feito de forma satisfatória, você deve se concentrar na função: comparação.

Tema: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil

Introdução por alusão histórica

O Período Colonial do Brasil, ao longo dos séculos XVI e XIX, foi marcado pela tentativa de converter os índios ao catolicismo, em função do pensamento português de soberania. Embora date de séculos atrás, a intolerância religiosa no país, em pleno século XXI, sugere as mesmas conotações de sua origem: imposição de dogmas e violência. No entanto, a lenta mudança de mentalidade social e o receio de denunciar dificultam a resolução dessa problemática, o que configura um grave problema social.

3. Definição

Este recurso consiste em ter como ponto de partida para discussão do tema e apresentação de problematização a definição ou conceituação de algum vocábulo. 

É válido ressaltar que há, muitas vezes, mais de uma maneira de se definir algo (definição de dicionário, definição com as suas palavras, definição para o senso comum, etc.).

Portanto, a escolha da conceituação mais adequada dependerá do ponto de vista a ser defendido.

Tema: A crescente crise da mobilidade urbana brasileira

Introdução por definição 

O desenvolvimento de uma cidade é movido por dois elementos: mobilidade e planejamento; em que um depende do outro. Por mobilidade, o senso comum entende: organização do transporte público. Entretanto, a fim de que tenhamos, de fato, mobilidade urbana nas cidades, é necessário muito mais que transporte de qualidade. O planejamento das cidades garantirá que os espaços municipais sejam acessados por todos que ali habitam, configurando, dessa forma, o real significado de mobilidade urbana

4. Citação

Este recurso consiste em trazer para a sua introdução a ideia de outro(a) autor(a). É, portanto, a citação de autores renomados, autoridades em um certo domínio do saber, em uma área da atividade humana.

O maior cuidado que devemos ter ao utilizarmos esse modelo é: priorizar a nossa interpretação. Não podemos deixar a citação sem a nossa leitura crítica, não se esqueça! 😉

Tema: A importância da participação política para a efetivação da cidadania no Brasil

Introdução por citação 

“O homem é um ser político”, já dizia Aristóteles. Com efeito, uma das principais características que nos diferencia dos outros seres vivos é a nossa capacidade de tomar decisões que visem ao bem comum, levando a pólis à felicidade. Entretanto, a lógica neoliberal, vigente no mundo pós-moderno, conduz a sociedade para o caminho oposto, apresentando a participação política como algo já superado, num contexto que provoca nos cidadãos o desejo de proclamarem-se “apolíticos”, embora não devesse ser assim, visto que a participação política é indispensável para a organização da vida em sociedade.

5. Intertexto

Este recurso, muito semelhante ao modelo de introdução por citação, consiste em trazer para a sua introdução a referência a outro texto ou obra, podendo ser filmes, músicas, poemas, obras literárias, obras de arte, etc. 

E o cuidado permanece o mesmo do modelo passado: não se esqueça de apresentar a sua leitura crítica sobre a referência feita, não deixe o intertexto isolado em seu texto, tampouco deixe para o(a) seu(sua) leitora(a) interpretar.

Tema: Relações de consumo e o consumismo (Fuvest 2013)

Introdução por intertexto

O anúncio do Cartão de Crédito X mostra um shopping, ambiente de compras, e o associa ao “melhor que o mundo tem a oferecer”. Valoriza, portanto, a sociedade de consumo, danosa a ponto de produzir inúmeras crianças adultas como as de “Capitães de Areia” e vários homens gananciosos e frios como João Romão, de “O Cortiço”. Para tanto, utiliza um dos recursos mais poderosos já criados: a imprensa.

6. Perguntas

Este recurso consiste em elaborar perguntas que instiguem a problematização do tema e, claro, a reflexão em seus(suas) leitores(as). 

Não há quantidade ideal de perguntas para a execução desse modelo de introdução para redação; uma, duas, três, quatro, cinco ou mais perguntas cabe a você decidir. 

Mas, como já estamos alertando aqui sobre os cuidados para cada modelo de introdução, não se esqueça de dois pontos:

  • Não elabore perguntas repetitivas.
  • Caso sua pergunta não seja retórica, certifique-se de retomar a reflexão e responder o questionamento ao longo do texto de forma direta.

Tema: Os efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil (Enem 2013)

Introdução por perguntas

A sociedade contemporânea supervaloriza não apenas o consumo de bebidas alcoólicas, mas também o status que o ato de beber traz. Em decorrência disso, a relação travada entre diversão e álcool dificulta a instalação de uma ordem social e prejudica os não- participantes desse ciclo. Entra em cena, então, o Estado e seu intrínseco poder observado na forma da Lei Seca. Será a obediência da maioria  justificada pelo temor à pena ou pelo aumento da consciência social? O efeito foi passageiro ou duradouro?

Agora que você já conhece todas as estratégias sobre os melhores modelos de introdução para redação, vamos praticar? Baixe a folha de redação guiada do Projeto Redação e entenda tudo o que o seu texto precisa ter!

Baixe gratuitamente a folha de redação guiada do Projeto Redação e entenda tudo o que o seu texto precisa ter para receber a nota 1000

Mariana Pacheco

Mariana Pacheco

Letrista da UFG. Educadora por aí. Mestra das redações. Fã das minhas cachorras e de texto bão!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Posts relacionados

Minicurso Gratuito de Redação para o Enem

Garanta o seu acesso gratuito ao minicurso de redação para o Enem 2020.
limitado

Acesse nosso podcast TEMAS COMENTADOS

A cada semana lançaremos um podcast com um tema de redação comentado para você praticar. Rumo à #nota1000