Aprenda como fazer um bom esqueleto de redação para concurso

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

A redação vem sendo, cada vez mais, uma forma de acesso aos  cargos desejados pelos participantes de concursos públicos. Apesar de cada banca possuir critérios avaliativos diferentes, existem várias maneiras de criar esqueleto de redação para concurso que podem abranger diversas formas de construção de texto. 

Vamos, então, iniciar este artigo entendendo melhor sobre o que é esse tipo de esquema de texto. 

O que é um esqueleto de redação para concurso? 

Algumas banca de avaliação criam provas de redação que já explicitam os conteúdos que cada parte do texto deve conter. Com isso, algumas formas de escrita podem ser testadas pelo participante antes da prova, pois já é possível conhecer um pouco do que será cobrado na redação. 

A partir disso, é interessante criar modelos de argumentação, conclusão e estruturas de textos, que também podem ser chamados de esqueleto de redação para concurso. 

Também é importante saber que esses esquemas de texto podem te ajudar na hora de ganhar tempo na prova, além de auxiliar na construção de uma redação mais organizada e com progressão. Dessa forma, você pode apresentar diferenciais no seu texto, como uma boa disposição de argumentos e fatos, e boa conexão entre as partes da redação. 

Como começar um esqueleto de redação? 

Como na hora da prova você receberá folha de rascunho, é pertinente que separe um espaço para iniciar o planejamento do texto. Também existe a possibilidade de escrever esse esqueleto de redação para concurso em outra parte da prova. 

Para iniciar, é importante que você confira nas instruções o que os avaliadores esperam do seu texto, em cada parágrafo. Caso essas informações sejam explícitas, você deve começar o planejamento enumerando cada parágrafo que será escrito e colocando as informações bases abordadas em cada parágrafo. 

Uma das questões mais importantes na hora de iniciar um esquema de texto é definir um posicionamento sobre o que vai ser abordado, se defenderá um ponto, criticará algo ou se, simplesmente, irá expor um fato ou justificar algo. Isso depende do tipo ou gênero textual que será cobrado. 

Como usar os textos base? 

Os textos motivadores podem te ajudar na hora de definir os padrões do seu texto. Por meio deles, você pode ter ótimas ideias para criar seus argumentos. Mas como isso pode ajudar no esqueleto de redação para concurso? 

Bem como o auxílio da definição do ponto do texto, os textos base apresentados na prova podem ajudar na construção dos parágrafos de desenvolvimento, quase sempre argumentativos. 

Assim, é relevante que as palavras-chave dos textos motivadores sejam destacadas e usadas na abordagem do tema. Isso deve ser anotado no esqueleto de redação para concurso, pois o participante pode usar como base na construção do texto. 

Mas lembre-se, nada de copiar trechos ou informações desses textos de apoio, pois além de mostrar que você não tem seu próprio repertório, pode caracterizar plágio. Então utilize-os apenas para direcionar a abordagem que você dará a sua redação. 

Como relacionar as informações presentes no esboço? 

Uma das questões fundamentais na construção da redação é pensar sobre coesão e coerência. Assim, havendo um bom planejamento, o seu texto terá mais chances de ser fluido e legível. 

Dentro do esqueleto de redação para concurso podem ser colocados os tópicos frasais de cada parágrafo que será escrito. Com essa estratégia você também já pode fazer o planejamento de todos os conectivos que pretende usar. 

Como exemplos de conectivos temos: 

  • Introdução: primeiramente; em primeiro lugar; antes de mais nada; acima de tudo.
  • Sequência: depois; após; na sequência; imediatamente; em seguida.
  • Conclusão: Portanto, por isso; assim; assim sendo; logo; enfim; então.

Também há diversos outros tipos de mecanismos coesivos, como de adição, negação, oposição, afirmação, etc. Assim, basta consultar uma lista de conectivos que possa te dar ideias variadas para construir um texto mais coeso.

Ou seja, para montar o seu próprio esqueleto não há segredos, é só entender o que a banca está exigindo, pensar nos assuntos que você quer abordar ao longo da sua redação e organizar eles de um modo que fique fácil conectar todas as suas ideias na hora de escrever.

Agora que você já sabe como fazer um bom esqueleto de redação para concurso, é só praticar bastante e entender qual a melhor forma de estudar para concurso para garantir a sua aprovação!

Confira 10 dicas infalíveis de como estudar para concurso e garantir a sua nomeação!

Letícia Morais

Letícia Morais

Graduanda em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais. Apaixonada por livros, filmes, moda, animais e, mais ainda, por educação.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Posts relacionados

Minicurso Gratuito de Redação para o Enem

Garanta o seu acesso gratuito ao minicurso de redação para o Enem 2020.
limitado

Acesse nosso podcast TEMAS COMENTADOS

A cada semana lançaremos um podcast com um tema de redação comentado para você praticar. Rumo à #nota1000