Projeto Redação

Conheça os advérbios e suas classificações

Sabe aqueles termos que estudamos na aula de português, mas que acabam gerando algumas dúvidas quando nos deparamos com eles? Os advérbios são um exemplo disso! 

Apesar de aparecerem constantemente no nosso dia a dia, muitas vezes ficamos confusos sobre a sua definição e aplicação. Por isso, prepare o caderno e anote tudo o que você precisa saber sobre os advérbios! 

O que são advérbios?

Os advérbios são uma classe gramatical de palavras que modificam o verbo, o adjetivo ou o próprio advérbio.  Veja os exemplos:

Nos exemplos acima, todos os termos em negrito são advérbios. No primeiro, o termo “ontem” está acrescentando uma circunstância de tempo ao verbo “chegar”. Depois, “muito” está intensificando o sentido do adjetivo “linda”. E, por fim, o outro termo “muito” está intensificando o sentido do advérbio “bem”. 

Quais são as classificações dos advérbios?

Agora que já sabemos o que são os advérbios, é importante entender as classificações feitas de acordo com as circunstâncias que eles expressam. Confira as principais a seguir:

1. Advérbios de lugar

Quando queremos expressar uma circunstância de lugar, podemos utilizar os seguintes advérbios: aqui; antes; dentro; ali; adiante; fora; acolá; atrás; além; lá; detrás; aquém; cá; acima; onde; perto; aí; abaixo; aonde; longe; debaixo; algures; defronte; nenhures; etc.

Veja exemplos:

2. Advérbios de tempo

Já nos casos em que o advérbio apresenta uma circunstância de tempo, você pode utilizar: hoje; logo; primeiro; ontem; tarde; outrora; amanhã; cedo; dantes; depois; ainda; antigamente; antes; doravante; nunca; então; ora; jamais; agora; sempre; já; enfim; etc.

Confira:

3. Advérbios de modo

Agora, se o seu objetivo for demonstrar modo, os advérbios são: bem; mal; melhor; pior; assim; aliás; calmamente; depressa; devagar; como; debalde; sobremodo; sobretudo; sobremaneira; provavelmente; finalmente; quase; docemente; principalmente; etc.

Veja os exemplos:

4. Advérbios de afirmação

Já nesse caso, os advérbios são utilizados para afirmar algo, podendo ser: sim; certamente; realmente; decididamente; decerto; efetivamente; etc. 

Veja na prática:

5. Advérbios de negação

Ao contrário do caso anterior, aqui os advérbios são usados para negar, sendo eles: não; nem; nunca; jamais; etc.

Confira:

6. Advérbios de intensidade

Agora, se o seu objetivo é mostrar intensidade, os advérbios são: muito; pouco; demais; bastante; mais; menos; tudo; nada; de todo; etc.

Veja exemplos:

7. Advérbios de dúvida

Já nos casos de dúvida, você pode utilizar os advérbios: acaso; porventura; possivelmente; provavelmente; quiçá; será; talvez; etc.

Confira:

Viu como os advérbios aparecem constantemente no seu dia a dia? Por isso, é muito importante que você saiba bem como utilizá-los.

E, pensando em outra classe de palavras que você usa frequentemente sem perceber, veja também o post do Projeto Redação sobre pronomes relativos que te ajudará, e muito, na sua produção textual.